PONTUAL_NOTÍCIAS
Logo Goiás
1
344-x-213px-3
3
LOGO
SE-001-21-WEBBANNER-344x213
1
344x213
929x176.gif
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
WhatsApp Image 2021-02-22 at 11.02.59.jp
Buscar
  • TV PONTUAL

Luiza Brunet acusa companheiro de agressão


Luiza Brunet, 54 anos, afirma ter sofrido uma série de agressões de seu companheiro, o empresário Lírio Albino Parisotto, no apartamento dele, no Plaza Residence, em Nova York, Estados Unidos. De acordo com o colunista Ancelmo Góis do jornal O Globo, a modelo foi vítima violência doméstica no dia 21 de maio.


  • Famosos apoiam Luiza Brunet após revelação de violência doméstica

A agressão de Lírio, segundo Luiza, começou no restaurante onde eles estavam jantando com amigos. Ao ser perguntado se o casal iria a uma exposição de fotos, Lírio se exaltou. Disse que não iria porque da última vez ele foi confundido com o ex-marido de Luiza, Armando. Daí por diante, ele teria se descontrolado.

"Fui para Nova York acompanhá-lo para o evento Homem do Ano. Saímos do restaurante e pegamos um Uber. Ao chegar ao apartamento, ele me deixou dentro do carro e subiu", conta. A atriz relata que subiu logo depois e se sentou numa poltrona, onde os dois sempre fumavam e paravam para conversar. Lírio já estava de roupão e, segundo Luiza, partiu para cima dela, ofendendo-a verbalmente. Logo depois, deu um soco em seu olho, seguido de chutes.

Atualmente interpretando a personagem Madá na novela Velho Chico, Luiza diz que ele a derrubou no sofá e a imobilizou violentamente até quebrar quatro costelas dela. Ela só conseguiu se desvencilhar depois que ameaçou gritar pelo concierge. Então, trancou-se no quarto e só saiu de lá no dia seguinte, após ter certeza de que ele não estava no apartamento, e voltou ao Brasil: