PONTUAL_NOTÍCIAS
Logo Goiás
1
344-x-213px-3
3
344x213 TVPO
LOGO
344x213
1
929x176 TVPO.gif
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
WhatsApp Image 2021-02-22 at 11.02.59.jp
Buscar
  • TV PONTUAL

Sucuri de 6 metros é capturada em mata perto de condomínio em Goiás



Moradores viram cobra em trilha para caminhada e acionaram os bombeiros. Nove homens atuaram para conter e imobilizar réptil, que não estava ferido.

Sucuri de 6 metros é capturada em mata perto de condomínio (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

O Corpo de Bombeiros capturou uma sucuri de aproximadamente 6 metros de comprimento em uma mata perto de um condomínio residencial de Caldas Novas, região sul de Goiás. Moradores acionaram a corporação após verem o réptil às margens de um córrego, que fica em uma trilha onde os condôminos costumam fazer caminhada.

saiba mais

  • Sucuri de mais de 3 metros é capturada em distrito de Goiânia

  • Bombeiros resgatam sucuri que subiu em poste de eletricidade, em GO

  • Vídeo mostra resgate de jiboia em avenida de Rio Verde, em GO; veja

Três veículos e nove bombeiros participaram do trabalho, que durou cerca de 30 minutos. Mesmo a cobra não sendo venenosa, foi necessário agir com cautela. "Como todo animal silvestre, é preciso ter cuidado no manejo. Nesse caso, ele tem muita força e também não podemos machucá-lo", disse ao G1 o subtenente Ueliston Marçal Silveira.

Depois de realizada a contenção, o animal, que não apresentava ferimentos, foi resgatado e colocado em uma caixa. Em seguida, ele foi levado para o Centro de Triagem de Animais Silvestre (Cetas), em Goiânia. Ele será avaliado e depois solto novamente em uma área adequada.

Silveira disse que a corporação já capturou, na cidade, pelos menos outras três cobras do mesmo tamanho ou até mesmo maiores que esta.

De acordo com o sargento dos bombeiros Ronam Francino Gomides Alves, que também é biólogo, essa espécie costuma se alimentar de mamíferos e aves. "Ela se enrola na presa e a mata por asfixia. Depois, engole-a inteira", explicou.


Sucuri foi levada para o Cetas, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)