• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Como viaja o rei saudita? Com 459 toneladas de bagagem em 27 voos


Em viagem à Indonésia, rei Salman impressionou pela "bagagem" que inclui elevadores, escada rolante dourada e comitiva com 150 chefs de cozinha

Rei Salman, da Arábia Saudita, chega à Indonésia: monarca visitará mesquitas e anunciará investimentos sauditas no país (Beawiharta/Reuters)

São Paulo – Em uma turnê histórica pela Ásia, o rei Salman, da Arábia Saudita, chegou nesta semana à Indonésia, que conta com a maior população muçulmana do planeta. Essa é a primeira vez em quase meio século que um monarca saudita visita o país.

Além da Indonésia, o rei Salman visitará ainda Brunei, Japão, China e as Ilhas Maldivas.

Uma viagem importante como essa exige uma preparação ainda mais rigorosa. Em sua “bagagem”, o monarca de 81 anos de idade está carregando nada mais, nada menos que 459 toneladas e uma comitiva de 1.500 pessoas, que se hospedarão em quatro hotéis, além de duas Mercedes-Benz S600, dois elevadores e uma escada rolante dourada.

Entre os membros da comitiva, 150 chefs de cozinha se encarregarão pelo cardápio do grupo, que conta com alimentos halal, preparados de acordo com os preceitos do islamismo, e pratos tradicionais locais.

Foram necessários 27 voos para levar tudo isso da Arábia Saudita para a Indonésia. Em Jacarta, onde foi recebido pelo presidente Joko Widodo, o rei Salman desembarcou usando a sua escada rolante dourada e, pouco antes de tocar o solo, fez o restante do percurso em um elevador.

Na capital, o monarca visitará a maior mesquita do país, onde um novo banheiro foi construído especialmente para a ocasião, e tratará de negócios sauditas.

Segundo o site de notícias da Austrália, News, oficiais de ambos países anunciaram planos para a construção de uma refinaria de petróleo no valor de 1 bilhão de dólares a ser construída em uma joint venture entre a saudita Saudi Aramco e a indonésia Pertamina.

Em seguida, rei Salman e sua comitiva seguem para uns dias descansando na paradisíaca ilha de Bali, que recebeu ao menos 9 voos com itens pertencentes ao grupo.