• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
1.jpeg
Buscar
  • TV PONTUAL

Mitsubishi vai demitir 350 funcionários da fábrica de Catalão, diz sindicato


Entidade diz que 60 trabalhadores já foram dispensados e os demais serão demitidos até junho. Empresa diz que ainda não vai comentar o assunto.


Mitsubishi vai demitir 350 funcionários em Catalão, diz sindicato

A Mitsubishi vai demitir 350 funcionários da fábrica de Catalão, no sudoeste de Goiás, segundo informou o Sindicato dos Metalúrgicos da cidade (Simecat). Do total, de acordo com a entidade, 60 já foram desligados na quinta-feira (6) e os demais devem ser dispensados até junho.

Em nota, a assessoria de imprensa destacou que a Mitsubishi “não irá se pronunciar sobre o assunto neste momento”.

Ainda segundo o sindicato, nos últimos dois anos, a empresa já demitiu mais de 1 mil funcionários. Desta vez, a entidade diz que foi pega de surpresa. “Estamos com esse drama, com essa dificuldade, pois os trabalhadores estão perdendo o emprego. Agora foram 60 pais de família que ficaram desempregados, então, isso é um impacto muito grande para Catalão”, disse o presidente do Simecat, Carlos Albino, em entrevista à TV Anhanguera.

O sindicato informou que, até 2014, eram montados 250 carros por dia na fábrica. Por causa da crise econômica, esse número caiu e, em 2016, chegou a 150 por dia. Já em março deste ano, a entidade diz que apenas 80 veículos foram fabricados diariamente.

Albino afirma que entende as dificuldades enfrentadas pela empresa, contudo, diz que quer evitar novas demissões. “Realmente as coisas não andam boas para a Mitsubishi, mas ela podia fazer como outras montadoras, por exemplo, que também estão em crise, mas negociam, conversam, dimunuem a jornada de trabalho, mas garante a estabilidade dos funcionários”, destacou.