PONTUAL_NOTÍCIAS
Logo Goiás
1
344-x-213px-3
3
LOGO
SE-001-21-WEBBANNER-344x213
1
344x213
929x176.gif
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
WhatsApp Image 2021-02-22 at 11.02.59.jp
Buscar
  • TV PONTUAL

Paixão de Cristo é encenada por mais de 500 atores na Rodovia dos Romeiros


Painéis da GO-060 serão o palco dos artistas, que retratarão desde o nascimento até a morte de Cristo; Peça começa às 7h no Km 5, em Goiânia, e termina às 14h, em Trindade.


Vida de Jesus será encenada do nascimento à paixão e morte (Foto: Sebastião Nogueira/O Popular)

Grupo Desencanto de Teatro apresenta, nesta sexta-feira (14), um espetáculo sobre a vida, a morte e a ressureição de Jesus Cristo, na Rodovia dos Romeiros, entre Goiânia e Trindade, na Região Metropolitana da capital. Chamada de “Caminhada da Fé”, a apresentação vai contar com a participação de mais de 500 atores, que vão se revezar em um percurso de quase 20 km.

De acordo com o diretor do grupo, Amarildo Jacinto, o espetáculo vai ser apresentado em sete cenários, ambientados nos sete painéis que compõem a Via-Sacra da Rodovia dos Romeiros. Ele afirma que, apesar de utilizar a via-crúcis, a apresentação não vai se resumir à morte de Cristo.

“É uma verdadeira viagem no tempo. Quem passar pela rodovia dos romeiros vai ter a dramatização, desde a decisão de Deus em enviar seu filho à terra, à passagem bíblica em que ‘o verbo se fez carne e habitou entre nós’. É um verdadeiro apanhado, anterior ao nascimento de Jesus, até a sua morte na cruz”, contou ao G1.

A 28ª edição do espetáculo começa às 7h desta sexta-feira no Km 5 da GO-070, em Goiânia, e está previsto para terminar às 14h no trevo de acesso à Trindade. Segundo o diretor, o grupo de atores é composto por profissionais de diversas áreas, moradores da cidade conhecida como a capital goiana da fé.

Jacinto afirma que os únicos personagens em que os atores não revezam a interpretação são Jesus, os discípulos e o sacerdote. A diversificação dos outros personagens, segundo ele, dá à peça uma “cara cristã”.

“O elenco, inclusive para fazer jus à própria história de Jesus, é constituído de pessoas simples da nossa comunidade. Tem gente de todo o jeito, de todo o estilo de vida. Tem gari, engenheiro, carpinteiro, empresário, doméstica. A ideia é justamente trazer a pluralidade da humanidade para trazer a mensagem cristã”, disse.


Multidão acompanha, todos anos, espetáculo na Rodovia dos Romeiros, em Goiás (Foto: Diomício Gomes/O Popular)

Cenas

Amarildo Jacinto conta que a primeira cena a ser apresentada é o momento em que o anjo Gabriel faz a anunciação à Maria. Segundo ele, a primeira aparição direta de Jesus na peça acontece quando ele já tem 12 anos de idade. Ainda no primeiro painel, o grupo vai encenar a passagem do Sermão da Montanha e quando Cristo cura um leproso.

No segundo painel, é trazida a ressurreição de Lázaro, a reunião do Sinédrio, quando os oficiais recebem a ordem para prender Jesus, além da conspiração e movimento de soldados para encontrá-lo.

“Com a dimensão grande do espetáculo, é bem legal para quem assiste entender a história cristã. É um trabalho muito bacana porque a gente entende que a gente pode evangelizar através do teatro, e isso é um ganho enorme”, afirmou o diretor da peça.

De acordo com ele, já no terceiro painel o público poderá reviver o cenário da cidade de Jerusalém, a última ceia e, em seguida, Jesus no Jardim das Oliveiras. A terceira etapa da peça termina com a prisão de Jesus.

No quarto painel, Jesus é julgado pelo Sinédrio e o arrependimento de Judas é dramatizado. No quinto, Cristo é julgado por Pôncio Pilatos e o governador da baixa Galiléia Herodes, que dão a sentença da crucificação. No penúltimo painel, é retratada a cena em que Verônica, uma mulher que acompanhava Jesus carregando a cruz se comove e o entrega um véu para que ele pudesse limpar seu rosto.

Amarildo conta que a peça termina quando Jesus Cristo é crucificado entre dois criminosos. “É um momento de reflexão profunda, por meio da arte, sobre a vida e história do Salvador”, disse.


Painéis da GO-060 serão palco de espetáculo sobre a vida de Jesus (Foto: Cristina Cabral/O Popular)