• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Filho caçula do deputado estadual Mané de Oliveira é detido por porte ilegal de arma, em Goiânia


Mateus Soares de Oliveira, 26 anos, também foi autuado pelos crimes de roubo, posse de drogas e corrupção de menores. Após audiência de custódia, ele foi liberado.

Mateus Soares de Oliveira, filho do deputado estadual Mané de Oliviera (PSDB) é preso (Foto: Reprodução/Facebook)

O filho caçula do deputado estadual Mané de Oliveira (PSDB), Mateus Soares de Oliveira, de 26 anos, foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na terça-feira (25), com uma arma de fogo na BR-060, no Setor Caravelas, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, posse de drogas para consumo próprio, corrupção menores e roubo.

Conforme a 7ª Vara Criminal de Goiânia informou à TV Anhanguera, Mateus passou por audiência de custódia nesta quarta-feira (26) e foi liberado.

Conforme ocorrência registrada na Polícia Civil, ele estava acompanhado de um jovem de 27 anos e um adolescente de 17 quando foram abordados pela PRF. Mateus, segundo o relato de policiais, ficou nervoso durante a abordagem e tentou esconder um revólver de calibre 38 sob o banco do motorista, mas os agentes perceberam e levaram o trio à Central de Flagrantes de Goiânia. Durante a revista, também encontraram drogas com o grupo.

A PRF relatou que, ao chegar à Central de Flagrantes, policiais militares reconheceram o carro do trio, um Renault Fluence branco, como o veículo usado para assaltar um restaurante no Setor Marista, na noite de segunda-feira (24).

Ainda segundo a Polícia Civil, uma das vítimas do roubo foi chamada até o local e reconheceu Mateus como motorista que deu fuga aos autores do assalto e os outros dois, como as pessoas que desceram e realizaram o roubo.


Mateus Soares de Oliveira é detido por posse de arma de fogo (Foto: Reprodução/Facebook)

Defesa

O deputado Mané de Oliveira (PSDB) se manifestou por meio de nota dizendo que foi surpreendido com a notícia da prisão do filho caçula, se sentindo “abatido e desolado”.

Conforme o texto, Mané afirmou que aguarda conclusão dos inquéritos e, que se for comprovada ação do filho em algum crime, respeita a decisão da Justiça. “Se meu filho Mateus Soares, após a conclusão dos trabalhos da Polícia Civil, for considerado culpado por qualquer crime, de qualquer natureza, deverá responder nos termos da lei”, pontuou.

Confira nota do deputado na íntegra

"Em razão da minha militância na crônica esportiva e na vida política, acabei por me tornar um homem público. E, como tal, grande parte da população do nosso Estado conhece minhas batalhas e acompanha minha história de vida.

Não é segredo que meu filho caçula, Mateus Soares, infelizmente, há algum tempo vem se negando a seguir meus ensinamentos, optando por caminhos escusos e reprováveis.

Na tarde de ontem, dia 25/04/2017, fui surpreendido com a notícia de sua prisão, o que – como não poderia ser diferente – deixou-me profundamente abatido e desolado.

Agora, cabe a mim, especialmente como pai, aguardar a conclusão dos inquéritos e, ao final, restando comprovada sua participação em qualquer atividade criminosa, respeitar a decisão da justiça e esperar que o Mateus responda pelos seus atos, como qualquer pessoa.

Ademais, todos sabem que minha bandeira de campanha no pleito 2014 foi a luta pelo “fim da impunidade que gera violência”. Contando com o apoio irrestrito do povo de Goiás, fui eleito o Deputado mais bem votado do Estado.

E não vai ser agora, pela inconteste tristeza que me abate, que deixarei de lado minhas ideologias e princípios que sempre nortearam minha vida: o fim da impunidade não é restritivo a um ou outro, é para todos. Se meu filho Mateus Soares, após a conclusão dos trabalhos da Polícia Civil, for considerado culpado por qualquer crime; de qualquer natureza, deverá responder nos termos da Lei".