PONTUAL_NOT√ćCIAS
LOGO_MARCA_GOI√ĀS_1
1
3
LOGO
1
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

ūüĎģūüĎģSERVIDORA DA PF √Č PRESA NO DF EM OPERA√á√ÉO CONTRA TR√ĀFICO DE DROGAS


Pris√£o ocorreu em √Āguas Claras. Servidora √© suspeita de vazar informa√ß√Ķes para grupo que enviou mais de 6 toneladas de coca√≠na √† Europa.


Uma servidora da Pol√≠cia Federal, que mora em √Āguas Claras, foi presa nesta segunda-feira (4/9) durante a Opera√ß√£o Brabo. Ela √© suspeita de vazar informa√ß√Ķes para uma organiza√ß√£o criminosa acusada de tr√°fico internacional de drogas. O mandado de pris√£o foi cumprido pela pr√≥pria PF, ap√≥s decis√£o judicial. Segundo as investiga√ß√Ķes, o grupo usava o Porto de Santos como principal local de sa√≠da de entorpecentes. Mais de seis toneladas de coca√≠na pura foram enviadas para a Europa.

A pris√£o n√£o foi a √ļnica. Al√©m do DF, cerca de 800 policiais cumpriram mandados em S√£o Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina e Paran√°. Ao todo, foram expedidos pela Justi√ßa de S√£o Paulo 190 mandados de busca e apreens√£o, 120 de pris√£o preventiva e sete de pris√£o tempor√°ria. At√© as 11h30, 80 pessoas haviam sido detidas, sendo 28 funcion√°rios do Porto de Santos.

As investiga√ß√Ķes tiveram in√≠cio em agosto de 2016, ap√≥s coopera√ß√£o policial internacional entre a PF e o DEA (ag√™ncia norte-americana de combate ao tr√°fico de drogas) na an√°lise de cinco apreens√Ķes de coca√≠na realizadas entre os meses de agosto de 2015 e julho de 2016 (tr√™s realizadas no porto de Santos e duas num porto na R√ļssia, vindas de Santos). Por suas caracter√≠sticas, levantou-se a suspeita de que um mesmo grupo tivesse sido respons√°vel por todas as remessas, que totalizaram 2,1 toneladas.

O inquérito policial foi instaurado em agosto de 2016 e aponta que os investigados se articulavam em verdadeiras empresas criminosas. Diferentes grupos organizados e especializados, atuantes no Brasil e na Europa, se associavam entre si, conforme as necessidades que tinham em cada negócio ilícito que pretendiam realizar. A cocaína pura vinha dos países produtores para ser estocada em diversos locais na cidade de São Paulo e ser enviada à Europa pela via marítima.

Desde agosto do ano passado, a PF realizou 14 apreens√Ķes de coca√≠na nos portos de Santos/SP, Salvador/BA e Itaja√≠/SC, al√©m de alertar autoridades para que interceptassem carregamentos que j√° haviam sido remetidos aos portos de Antu√©rpia (B√©lgica), Shibori (Inglaterra), Gioia Tauro (Italia) e Valencia (Espanha). Essas apreens√Ķes totalizaram outras 5,9 toneladas de coca√≠na pura que deixaram de abastecer o tr√°fico europeu.

O nome da operação remete a um dos destinos da droga, o porto de Antuérpia (Bélgica). Brabo seria um soldado romano que teria libertado os habitantes da região do rio Escalda, onde se localiza Antuérpia, do jugo de um gigante e jogado sua mão no rio. Essa lenda deu origem ao nome da cidade. Informou