• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Em Goianésia, roubo de veículo termina com seis pessoas detidas pela Polícia Civil


POLÍCIA CIVIL de GOIANÉSIA em AÇÃO


Um roubo ocorrido nesta última quarta-feira, dia 25, movimentou o plantão da Polícia Civil de Goianésia. Dois homens abordaram pai e filha na porta de casa e mediante emprego de violência de posse de um simulacro de pistola .40 anunciaram assalto e subtraíram celulares e o veículo da família. De imediato os investigadores deram início às diligências, e de posse das características físicas dos suspeito, os policiais civis identificaram os autores como sendo as pessoas de Ricardo David Gonçalves Borges, 18 anos, já investigado por tráfico de drogas na região do Bairro Muniz Falcão, o outro suspeito trata se de um menor de 17 anos, que apesar da pouca idade já foi apreendido pelo menos 18 (dezoito) vezes por crimes diversos como vários furtos, roubos, lesão corporal e tentativa de homicídio. Já no dia de ontem, 27, por volta das 14h, após ininterruptas diligências os policiais localizaram Ricardo em sua residência no bairro Muniz Falcão de posse de drogas tipo maconha, crack e cocaína, balança de precisão, um simulacro de pistola, o som e o estepe do veículo roubado e um dos aparelhos celulares das vítimas. Instantes depois, o menor de 17 anos foi apreendido no bairro São Cristóvão, após fugir de um cerco policial. Os suspeitos já haviam vendido o outro celular roubado e também o som do veículo, quatro indivíduos, sendo três menores foram detidos por receptação. A dupla havia escondido o veículo numa mata na zona rural de Goianésia, próximo a captação de água da Saneago. Ricardo foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, roubo qualificado e corrupção de menor. Já em desfavor do menor foi lavrado um auto de apreensão em flagrante delito e cabe ao Poder Judiciário determinar ou não sua internação. Todos os pertences roubados foram devidamente entregue ás vítimas.

Fonte: Polícia Civil