• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Crime Bárbaro > Marido mata a esposa e esconde o corpo em casa por 4 dias



No final da tarde desta terça-feira, (14), policiais civis do GDE (Grupo de Diligências Especiais) da 6ª SDP de Foz do Iguaçu desvendaram um crime bárbaro de homicídio e ocultação de cadáver.

O marido teria matado a esposa, guardado o corpo na residência por quatro dias,depois teria jogado o corpo atrás de uma olaria desativada na Avenida Maria Bubiak, próximo ao cruzamento com a Avenida Felipe Wandscheer.

A equipe policial estava na apuração de um Boletim de Ocorrência de desaparecimento de pessoa registrado na Delegacia da Policia Civil, e suspeitando do que foi relatado aos policiais,a equipe iniciou uma investigação para elucidar o desaparecimento.

De acordo com o boletim, Elias José Anacleto, de 37 anos, teria relatado que sua esposa Nilfa Elizabeth Gonzalez Anacleto, de 27 anos, teria deixado a cidade de Foz do Iguaçu.

O casal possui três filhos, sendo um bebe de apenas 1 ano, outro de 7 anos e uma adolescente de 16 anos, o qual levantou mais suspeitas de que seria muito difícil uma mulher sair de casa, deixando para trás três filhos.

Diante das suspeitas, foram intensificadas as diligências, onde o marido acabou por confessar a autoria do crime bárbaro.

Disse que houve uma briga no interior na residência no dia 8 onde acabou a esganando, matando, ocultando o corpo da esposa por quatro dias dentro da residência.

O marido se encontra preso pelo crime de homicídio e ocultação de cadáver, ele teria relatado que a motivação da briga que culminou com a morte da esposa, seria um possível relacionamento extra-conjuga que estava tendo pela rede social.