PONTUAL_NOTÍCIAS
LOGO_MARCA_GOIÁS_1
1
3
LOGO
1
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

A Polícia Civil de Goiatuba , prendeu na data de (01/11/2018) Ronaldo Cabral Franco, 43 anos e Carlo



O crime aconteceu no 27/10/2018 quando os autores seguiram a vítima Valdiandrea D’arc de Almeida, 38 anos, até a cidade de Vicentinópolis.

A vítima percebeu a presença dos autores e tentou fugir em seu carro, mas foi perseguida, sendo logo a frente fechada pelo carro utilizado pelos autores, tentou fugir correndo, mas foi novamente perseguida e alvejada por disparos.

Valdiandrea já estava no chão quando os autores se aproximaram, recarregaram a arma e efetuaram mais disparos contra a cabeça da vítima, que morreu no local.

Desde então os autores estavam foragidos, ocasião em que foram realizadas diligências no intuito de localizá-los.O motivo do crime seria uma suposta traição da vítima.

O autor dos disparos foi Carlos Humberto, sobrinho de Ronaldo.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva, tendo dado cumprimento ao mando de prisão preventiva na manhã de hoje.

Ronaldo Cabral e Valdiandrea mantiveram união estável por cerca de nove anos e a motivação do crime seria uma suposta traição.

Ronaldo Cabral Franco e Carlos Humberto da Silva Filho serão indiciados pelo crime de FEMINICÍDIO, sendo que a pena pode chegar a 12 a 30 anos de reclusão.

Após procedimentos, os presos foram recolhidos na Unidade Prisional de Pontalina, onde ficarão à disposição da Justiça. #dpgoiatuba #policiacivilgoias #pccontraocrime #6DRP