• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Marconi prometeu R$ 200 milhões da Celg a hospitais, mas dinheiro não apareceu e unidades nunca abri


Reportagem do jornal O Popular destaca a promessa da destinação de R$ 200 milhões vindos da Enel para terminar três HUGOs, mas dinheiro nunca apareceu por lá


Uruaçu, Águas Lindas de Goiás e Santo Antônio do Descoberto. Estas três cidades, que representam pontos estratégicos da região que integram, esperam há anos por uma unidade hospitalar de referência em atendimento geral. Mas a única coisa que foi cumprido à risca foi a renovação de promessas que nunca são atendidas e um lastro de decepção para milhões de goianos.

Todas as três cidades têm projetos para serem concluídos de HUGO – hospitais regionais de atendimento geral – que deveriam ser finalizados com uma verba de R$ 200 milhões vindos da Celg para a Enel. Mas, na prática, não foi o que aconteceu: as unidades seguem inacabadas e sem nunca ter realizado um único atendimento.

A pressa de Marconi Perillo em inaugurar unidades para tentar criar um fato político a seu favor foi tanta que ele chegou a inaugurar a unidade de Água Lindas, mas somente um prédio oco, sem nada dentro, nenhum equipamento. Ou seja: mais uma mentira contada para enganar a população.

A pergunta que fica é: os R$ 200 milhões prometidos e que jamais chegaram foram para onde?

Além destas unidades, havia no planejamento prometido a construção de Unidades de Saúde Especializadas e Credeqs. Dois destes Credeqs, de Quirinópolis e Goianésia, foram também inaugurados, mas novamente nunca funcionaram.