PONTUAL_NOTÍCIAS
LOGO_MARCA_GOIÁS_1
1
3
LOGO
1
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

(Editorial) Passado que volta?


Qual a mensagem subliminar ou escancarada mesmo, que passa o Presidente da República ao pregar o fim dos cursos do Filosofia e Sociologia?​


Devo analisar com equidade e desprovido do manto ideológico que me levou a trabalhar e votar pela eleição de Jair Bolsonaro, os motivos de tudo isso. E ao analisar os significados de: Filosofia e Sociologia, no que tange a sociedade e o que de fato esses movimentos trazem para o bem de uma comunidade, talvez eu possa identificar alguma razão motivacional, plausível e honesta disso tudo, senão vejamos:

Filosofia é o estudo das questões gerais e fundamentais relacionadas com a natureza da existência humana; do conhecimento; da verdade; dos valores morais e estéticos; da mente; da linguagem, bem como do universo em sua totalidade. O termo foi concebido por Pitágoras 500 anos antes de Cristo. Em linhas gerais e entre inúmeras concepções, Filosofia é o saber mais abrangente – na medida em que ocupa-se com os grandes temas da humanidade. A partir dela, são fundamentadas e desenvolvidas teorias, metodologias, pesquisas, projetos educacionais, bem como se elabora, inclusive, a própria fundamentação racional das instituições do conhecimento humano, das instituições científicas, artísticas, religiosas e culturais.

Sociologia é a área das ciências humanas que estuda o comportamento humano em função do meio e os processos que interligam os indivíduos em associações, grupos e instituições. Enquanto o indivíduo na sua singularidade é estudado pela psicologia, a sociologia tem uma base teórico-metodológica voltada para o estudo dos fenômenos sociais, tentando explicá-los e analisando os seres humanos em suas relações de interdependência. Compreender as diferentes sociedades e culturas é um dos objetivos da sociologia. Em suma, é a disciplina que estuda as formas humanas de interação.

Sendo assim, chego à triste conclusão que, ao extinguirem ou acabarem com os cursos de Filosofia e Sociologia, para meu desencanto, o governo que ajudei a chegar ao poder quer o mesmo que os históricos e pervertidos autoritários e totalitários sempre quiseram – a ignorância do povo para mantê-los onde estão da forma que estão com o povo, única razão de existirem, em meio a ferros, mordaças e freios metálicos à boca tal qual muares.


Carlúcio Carneiro

Servidor Público Municipal – Caldas Novas