• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
1.jpeg
Buscar
  • TV PONTUAL

Codego retoma projeto de expansão do Daia em Anápolis


Mais 13 alqueires


A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) retoma o projeto de expansão do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia). A incorporação de área de 13 alqueires ao distrito vai permitir a instalação de novas empresas no local.

De acordo com o diretor administrativo da Codego, Carlos Toledo, há uma fila de empresas que querem se instalar em Anápolis e que não conseguem pela falta de área no distrito industrial. “Estamos dando o máximo de celeridade ao processo para entregar o novo espaço com a maior brevidade possível”, afirma.

Além disso, lembra Toledo, o órgão está empenhado em desembaraçar cerca de 30% da área atual que não está sendo utilizada por conta de impasses jurídicos e administrativos. “Com essas ações, o Daia poderá atender as demandas reprimidas das empresas”, diz.

O diretor destaca, ainda, que já foram iniciadas as obras de recuperação da infraestrutura do Daia, com várias frentes de serviços para resolver problemas diversos, como buracos nas vias, roçagens, pinturas e recuperação da iluminação pública. Para isso, conta com a parceria da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) e da Prefeitura de Anápolis.

Modernização

Em abril, logo após tomar posse como presidente da Codego, Valderi Borges participou de evento na sede administrativa do Daia, quando assinou, ao lado do secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais, ordem de serviço para a reforma estrutural do parque industrial. Na ocasião, ele lembrou que havia recebido ordem expressa do governador Ronaldo Caiado para modernizar e expandir os distritos industriais do Estado.

“A expansão do Daia faz parte das diversas medidas que estamos executando para atender a determinação do governador Caiado e do secretário Wilder”, disse Valderi. Ele destacou que os investimentos vão chegar a todos os distritos industriais goianos para oferecer melhores condições aos empresários goianos.