• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
1.jpeg
Buscar
  • TV PONTUAL

Caiado em entrevista ao prog. Fala Goiás em Rede, anuncia integração entre polícias de GO e DF

Ao conceder entrevista ao programa Fala Goiás em Rede, das rádios Brasil Central AM e RBC FM, em Águas Lindas de Goiás, o governador Ronaldo Caiado informou o resultado da reunião das cúpulas da Segurança Pública de Goiás e do Distrito Federal, realizada na noite desta quinta-feira,22, em Águas Lindas. Na ocasião, ficou definido acordo cujo protocolo será assinado no próximo dia 2 de setembro em Goiânia. O acordo garantirá total integração e a realização de operações conjuntas entre as polícias civis, militares e bombeiros nas duas Unidades da Federação.


Por: Assessoria de Comunicação do Governo do Estado de Goiás


Caiado anunciou também o reinício das obras do Hospital Regional de Águas Lindas. Conforme o governador, serão necessários mais R$ 25 milhões para concluir a construção da infraestrutura do hospital. Trata-se de uma antiga reivindicação dos moradores do município e da região.


O governador estima que o prédio da unidade de saúde possa estar concluído até o final do ano, pois será preciso refazer o piso que está se soltando, entre outros ajustes, além da continuidade da obra. A entrevista de Caiado, transmitida ao vivo, direto de uma sala da Coordenação Regional de Educação do município do Entorno do DF, foi concedida ao radialista Josiel Meneses e a comunicadores da cidade e da região.


Acompanharam o anúncio da obra o prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, demais autoridades municipais e ainda a secretária da Educação, Fátima Gavioli, e o presidente da Agência Goiana de Regulação (AGR), Eurípedes Barsanulfo. Caiado está no Entorno do DF desde a quinta-feira, 22, onde cumpre extensa agenda em Luziânia, Águas Lindas e Cidade Ocidental.


Demandas crescentes


Ronaldo Caiado lembrou que Águas Lindas é a cidade brasileira que, proporcionalmente, mais cresce no Brasil, por isso tem altas demandas de infraestrutura, saúde, educação e segurança pública, entre outras áreas. Ele respondeu a pergunta do radialista e blogueiro Marcos Alexandre (Jornal O Imparcial, Cidade TV, Cidade FM), que denunciou as inaugurações 'fake' (falsas) de obras estaduais no município.


Caiado garantiu que só vai inaugurar o Hospital Regional de Águas Lindas quando “como governador, a obra estiver toda concluída, e como médico, puder colocar o jaleco para entrar na sala de cirurgia”. E garantiu: “Jamais autorizarei inauguração de obra inacabada.”


Menos taxas


Adriana Diniz, do Jornal Gazeta do Estado e TV Gazeta do Estado, perguntou sobre a redução de taxas do Detran determinadas pelo Governo de Goiás. O governador disse que a medida visou retirar penduricalhos (na cobrança de serviços) e diminuir o peso no bolso do cidadão. Mas, ao comentar a queixa do prefeito Hildo do Candango sobre o grande número de moradores locais que emplacam seus carros em Brasília, disse que determinou ao diretor do Detran que prepare uma campanha para sensibilizar os motoristas locais. “Quando um carro de Águas Lindas é emplacado em Brasília, o município perde recursos que poderiam ser investidos na saúde, educação, segurança pública”, destacou.


Mais saúde


Emanuel Diniz, da TV Entorno, questionou o governador se seria possível resolver os problemas da região. Ronaldo Caiado respondeu que é apenas um cidadão comum, que não faz milagre, mas busca como gestor público dar o bom exemplo. “Buscamos a parceria com a iniciativa privada, com os cidadãos, com os nossos servidores. Fazemos um governo austero”, disse.


Ele disse ainda que, na área da Saúde, além da reinício das obras do Hospital Regional de Águas Lindas, tão logo receba o Hospital de Formosa vai determinar as obras para a construção de UTIs naquela unidade. E em Posse deve inaugurar no próximo mês a primeira policlínica, que terá 12 especialidades.


Prejuízo fiscal


O prefeito Candango maniféfestou satisfação com a presença do governador Ronaldo Caiado. “Nossa região só tem a ganhar”, disse.