PONTUAL_NOTÍCIAS
LOGO_MARCA_GOIÁS_1
1
3
LOGO
1
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Forças afegãs e americanas matam mais de 80 combatentes do Taliban, dizem autoridades

Ataques aéreos realizados nas províncias de Kandahar e Faryab quando o enviado dos EUA chegam ao país após o colapso das negociações.


FONTE: AGÊNCIA DE NOTÍCIAS REUTERS

uma hora atrás


Na província de Kandahar, no sul, as forças americanas realizaram ataques aéreos nos distritos de Maruf e Shah Wali Kot, matando 33 combatentes do Taliban e ferindo outros oito [Andrew Renneisen / Getty Images]

Mais de 80 combatentes do Taliban foram mortos em ataques aéreos pelas forças afegãs e americanas nas províncias de Kandahar e Faryab no Afeganistão nas últimas 24 horas, disseram autoridades.


Abdul Kareem, chefe de polícia da província de Faryab, no norte do país, disse no domingo que um grupo de combatentes do Taliban realizou um ataque a postos de segurança no distrito de Pashtunkot na noite de sábado e foi alvo de ataques aéreos pela Força Aérea Afegã.


Ele disse à Agência Anadolu que pelo menos 53 combatentes do Taliban foram mortos e 11 ficaram feridos.


Na província de Kandahar, no sul, as forças americanas realizaram ataques aéreos nos distritos de Maruf e Shah Wali Kot, matando 33 combatentes do Taliban e ferindo outros oito, informou um comunicado da sede da polícia da província.


O Talibã. enquanto isso, alegou ter atingido um comboio dos EUA em Kandahar em um ataque improvisado de explosivos.


Qari Yosuf, porta-voz do grupo, disse que um veículo blindado foi completamente destruído e todos a bordo foram mortos.


As forças americanas no Afeganistão não comentaram o incidente.


O Taliban agora controla quase metade do Afeganistão e tem sido implacável em seus ataques quase diários contra as forças de segurança afegãs, ataques que muitas vezes causam pesadas baixas.


Ele intensificou uma campanha de atentados suicidas nos últimos anos, enquanto Washington tenta retirar suas forças.


No domingo, um político afegão confirmou que o enviado para a paz dos EUA, Zalmay Khalilzad, chegou à capital do Afeganistão, Cabul, pela primeira vez desde que as negociações entre os EUA e o Taleban entraram em colapso no mês passado.


Sayed Hamid Gailani, líder da Frente Nacional Islâmica do Afeganistão, postou em sua conta no Twitter no sábado que conheceu Khalilzad e sua equipe em Cabul para discutir as recentes eleições presidenciais do país e os esforços de paz.


Falando sob condição de anonimato à Associated Press, uma autoridade afegã também confirmou no domingo que o presidente Ashraf Ghani se encontrou com Khalilzad.


A visita de Khalilzad a Cabul segue uma reunião em Moscou que ele realizou com representantes da China, Rússia e Paquistão , sobre o reinício das negociações de paz para encerrar a guerra de 18 anos do Afeganistão.