• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Governo toma medidas para assegurar abastecimento de água às indústrias e bairros de Anápolis

Por meio da Codego, Estado antecipou obras para enfrentar estiagem com perfuração de poços artesianos e com a ampliação e desassoreamento da lagoa de captação do Daia


Comunicação Codego - Governo de Goiás

Com o propósito de mitigar os efeitos do período de estiagem, o Governo de Goiás, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), antecipou obras e adotou uma série de medidas para assegurar o abastecimento de água às indústrias instaladas no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) e para aproximadamente 20% dos bairros da cidade, que contam com o fornecimento do sistema Daia.


O processo de recuperação da lagoa de captação de água bruta do distrito segue para a fase final de execução. O local, que funciona como uma espécie de reservatório de água, não recebia os devidos cuidados há mais de cinco anos. “Como consequência, o acúmulo de sedimentos foi inevitável. Estamos avançando rapidamente com as obras para reverter esse triste cenário, como determinou o governador Ronaldo Caiado, e garantir o abastecimento com eficiência”, ressaltou o presidente da Codego, Marcos Cabral.


A Companhia vem desassoreando o local com serviço de dragagem, procedimento de escavação para retirar os sedimentos, e expandindo áreas da lagoa. Juntas, essas ações ampliarão em 234% o volume de água captada do Rio Caldas.


Cabral destacou ainda que a Codego já perfurou oito poços artesianos e, nesta semana, mais um vem sendo perfurado. A intenção é realizar 20 perfurações, com previsão de incremento de pelo menos 200 mil litros de água por hora no sistema do parque industrial, ampliando, assim, a distribuição.


Atitudes em compasso com as adotadas pelo Governo de Goiás, que publicou nesta semana decreto declarando situação de risco de emergência hídrica por 210 dias nas bacias hidrográficas do Alto Rio Meia Ponte e do Ribeirão Piancó, responsável por cerca de 80% do abastecimento de água de Anápolis. O principal objetivo é evitar qualquer tipo de racionamento no abastecimento da Região Metropolitana de Goiânia e Anápolis.


Pró-Água Codego


Este ano foi lançado o projeto Pró-Água Codego, em parceria com a Prefeitura de Anápolis, para ampliar de forma responsável a disponibilidade hídrica e garantir para os próximos anos o abastecimento de água.


Na primeira etapa, o programa realizou o plantio de mais de três mil mudas, dentro da proposta de reflorestamento. Na sequência, em discussão com os órgãos ambientais, o objetivo é criar Áreas de Proteção Ambiental (APAs). Assim, regiões degradadas e de nascentes serão recuperadas, monitoradas e protegidas. Um trabalho de conscientização sobre a preservação também tem sido realizado junto aos moradores e empresários da região.


A Companhia de Desenvolvimento de Goiás (Codego) é uma empresa de economia mista sob controle acionário do Estado e tem por objetivo a promoção do desenvolvimento econômico mediante o desempenho de atividades de fomento para diversificação da economia, geração de empregos e renda e preservação do meio ambiente.