• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
1.jpeg
Buscar
  • TV PONTUAL

Menina que foi vítima de racismo ganha festa de princesa no MMFDH

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) vai realizar, na próxima segunda-feira (20), em Brasília (DF), uma festa de princesa para a menina Ana Luísa Cardoso Silva, de 9 anos. Ela foi vítima de racismo enquanto brincava em uma praça em Anápolis (GO).


Por: Assessoria de Comunicação

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos - MMFDH


A comemoração será bancada por servidores do MMFDH e contará com a presença da ministra Damares Alves. A ideia de realizar a festa surgiu da indignação da ministra frente ao ato de racismo cometido contra a criança.


Segundo relatos, ela estava brincando de “princesa” com outra menina no Parque Ipiranga, em Anápolis, no dia 1° de janeiro, quando ouviu de uma mulher que “não existe princesa preta”.


No domingo seguinte, dia 5 de janeiro, Ana escreveu uma carta para a mãe onde expôs sua tristeza e questionou se isso realmente era verdade. A Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR), do MMFDH, publicou uma nota de apoio à menina e, sob orientação da ministra, está organizando uma festa de princesa para ela.


No dia 20, Ana Luísa se deslocará com a família para Brasília e viverá realmente um dia de princesa. Ao chegar, a menina irá se arrumar em um salão de beleza e, depois, seguirá para a festa, que será realizada na sede do MMFDH, localizada no Bloco A da Esplanada dos Ministérios, às 11h30. O Corpo de Bombeiros enviará uma banda para animar a festa.


A comemoração será aberta aos servidores do Ministério, convidados e à imprensa. Para mais informações, um e-mail pode ser enviado para imprensa@mdh.gov.br. O contato também pode ser feito pelo telefone, com a Assessoria de Comunicação (ASCOM) do MMFDH, por meio do número (61) 2027-3538.