• Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Buscar
  • TV PONTUAL

Primeiro paciente de unidade exclusiva do Ipasgo se cura de Covid-19

Usuário do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo), Paulo Cândido Belarmindo, 55, foi curado da Covid-19 e recebeu alta neste último sábado, dia 25. Na saída, aplaudido pelos profissionais de saúde, agradeceu o tratamento recebido


Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás



Paulo Cândido é o primeiro usuário do Ipasgo que foi internado em unidade exclusiva do plano de assistência para os casos de Covid-19, um programa estabelecido sob a orientação do Governo de Goiás. 

No hospital Órion, que integra a rede exclusiva que o plano de assistência montou para oferecer internações e cuidados especiais no tratamento contra as infecções causadas pelo novo coronavírus, ele ficou na UTI e recebeu também acompanhamento virtual dos profissionais médicos do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.


Durante o tratamento, o paciente, que foi internado em estado de choque, recebeu ventilação mecânica e medicações vasoativas. Os procedimentos foram bem-sucedidos e hoje, curado da Covid-19, Paulo Cândido comemora, ao lado de sua família, seu retorno a sua cidade natal. 


O governador Ronaldo Caiado e o presidente do Ipasgo, Silvio Fernandes, celebraram o sucesso do tratamento e mais uma vitória na luta contra o novo coronavírus no Estado. 


Segundo presidente do Ipasgo, os protocolos estabelecidos pelo plano estão beneficiando usuários de todo o Estado. “Nosso objetivo principalmente no enfrentamento desta pandemia é salvar vidas, garantindo o acesso aos leitos hospitalares e tratamentos modernos aos nossos usuários.”


Ele afirma que o plano de assistência estabeleceu um programa especial para atender aos casos de Covid-19. O Ipasgo contratou três unidades hospitalares exclusivas para internações, Hospitais Órion e Garavelo focados em pacientes adultos e o Goiânia-Leste para crianças. Além dos leitos já estabelecidos nos hospitais da rede credenciada, esses novos contratos ampliaram a quantidade (de 427 leitos) em mais 94 pontos de internações exclusivos. 


Nestes leitos exclusivos, os pacientes também são telemonitorados, por câmeras instaladas nas UTIs, pela equipe médica do Albert Einstein, de São Paulo. “Sob a orientação do nosso governador Ronaldo Caiado, estabelecemos essa parceria para reforçar a qualidade do nosso atendimento em saúde para os casos de Covid-19 e também estabelecer a troca de informações técnicas entre os profissionais goianos e o hospital paulista, que é referência nacional no tratamento do vírus.”